Wanderley-Bahia

Wanderley-Bahia.jpeg

Wanderley é um município brasileiro do estado da Bahia. Localiza-se a 163 km de Barreiras, a capital regional.

Localiza-se a uma latitude 12º07’12” sul e a uma longitude 43º53’15” oeste, estando a uma altitude de 583 metros. Sua população estimada em 2006 era de 13.658 habitantes.

Wanderley.png

História

Originalmente toda a região do Extremo Oeste Baiano, denominada Comarca do Rio de São Francisco, pertencia ao Estado de Pernambuco até o ano de 1824, onde está localizada a cidade de Wanderley, pertenceu ao município de Cotegipe (Campo Largo) até 1890, e em 25 de fevereiro de 1985, foi criado o município de Wanderley. A região oeste Baiano na margem esquerda do rio São Francisco pertenceu ao Pernambuco até meados de 1824. Pedro I a desligou do território pernambucano como punição pelo movimento separatista conhecido como Confederação do  Equador.  A então comarca de São Francisco foi o último território desmembrado de Pernambuco, impondo àquele estado uma grande redução da extensão territorial, de 250 mil km² para os 98.311 km² atuais. Após três anos foi cedida para a Província de Minas Gerais e três anos depois a região foi anexada ao Estado da Bahia em 1827.

O nome, é uma homenagem póstuma a João Maurício Wanderley, Barão de Cotegipe. O Distrito de Cana Brava, município de Cotegipe conquistou sua emancipação em 25 de fevereiro de 1985 na época, segundo o Sr. Nascimento Marçal de Jesus (Marçal) onde votou pela primeira vez, o plebiscito foi realizado somente no território do distrito.

Fundado por Manuel Teixeira, o município de Wanderley surgiu por volta de 1930. As famílias Teixeira, Sousa, Alves, Brito e Pereira foram as primeiras a habitarem o local.

Wanderley foi distrito da cidade de Cotegipe até conquistar sua emancipação política em 25 de fevereiro de 1985. Com quase 14 mil habitantes, seu primeiro chefe foi o João de Queirós Rocha.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 12º07’12” sul e a uma longitude 43º53’15” oeste, estando a uma altitude de 583 metros. Sua população estimada em 2006 era de 13.658 habitantes.

Possui extensão territorial de 3.043,408 km², com terras produtivas e férteis, o que vem atraindo pessoas de vários municípios baianos e de outros estados, ligados ao ramo da pecuária e da agricultura, em adquirir propriedades para investimentos.

Sua principal atividade econômica é a pecuária, possuindo um dos maiores rebanhos bovinos da Bahia aliada a agricultura onde se destaca o plantio do milho, além do feijão, mandioca etc.

De clima tropical típico do Cerrado, possui temperaturas variando entre 18oC e 36oC. O período chuvoso mais importante vai de novembro a março e varia com uma pluviosidade de cerca de 800 a 1500 mm anuais.

Festas e comemorações

Entre os eventos festivos destaca-se a Festa do Milho que se realiza sempre no fim do mês de julho, com atrações musicais de axé music, bandas de forró, duplas sertanejas, atrações locais, barracas e comidas típicas.

Outro evento muito importante na cidade é a vaquejada realizada no Parque São Sebastião no mês de abril e setembro de cada ano está incluída no circuito baiano.

Também é de ressaltar o São João que é realizado na Praça da Igreja, contando com muitas barracas típicas e grandes shows de forró na sede da paróquia e a Festa do Divino realizado no povoado da Goiabeira situada às margens do rio Grande que, também é muito visitada por turistas adeptos da pesca.

Site oficial da cidade