Serrinha-Bahia

Serrinha-Bahia.jpg

Serrinha é um município brasileiro do estado da Bahia. O município está localizado na mesorregião do Nordeste Baiano e microrregião de Serrinha, a 175 km de Salvador e numa altitude de 379 metros em relação ao nível do mar.

Sua população estimada em 2017 era de 83.088 habitantes.

Serrinha.png

História

No início do século XVII, os colonizadores portugueses abriram a estrada das boiadas que ligava a capital da colônia ao alto sertão do São Francisco. E foi na Capitania da Bahia que surgiu a Fazenda Serrinha com a finalidade de criar gado e servir de local de descanso de homens e animais. Já no final do século XIX tornou-se centro comercial e agropecuário recebendo foros de cidade.

De acordo com o jornalista Tasso Franco (nascido em Serrinha), em seu livro “Serrinha – A colonização portuguesa numa cidade do sertão da Bahia”, a história da cidade pode ser dividida em 3 períodos: o primeiro, entre 1612 e 1891 quando a estrada das Boiadas foi criada; o segundo, após 1890 até 1969, quando Serrinha é elevada a cidade e atinge quase 200 mil habitantes; e o terceiro, quando a cidade se expandiu até os dias de hoje.

Não há registros sobre os primeiros habitantes da cidade, que começou como um sítio que serviu, inicialmente, como ponto de passagem ou dormida de boiadeiros.

Em 1º de junho de 1838, a lei nº 67 criou o Distrito de Paz de Serrinha, e levou a capela à categoria, com paróquia própria, pelo Arcebispo D. Romualdo Antônio Seixas. Pela Lei Provincial nº 1.069 de 13 de junho de 1876, foi o Arraial de Serrinha elevado à categoria de Vila e criado o Município de Serrinha, com território desmembrado do município de Purificação dos Campos, sendo instalado a 11 de janeiro de 1877.

A Vila de Serrinha recebeu foros de “cidade” pelo Ato estadual de 30 de junho de 1891, assinado pelo Barão de Lucena, fato que constou da data de 4 de junho de 1891 do Conselho Municipal de Serrinha. A instalação solene da cidade ocorreu em 30 de agosto de 1891 segundo consta da Ata do Conselho municipal de Serrinha do referido dia.

Geografia

Serrinha pertence à Bacia hidrográfica do Rio Inhambupe e sua população é abastecida por mananciais de Biritinga.  A vegetação se enquadra nos padrões da floresta estacional.

Clima

O clima do município varia do semiárido ao subúmido. Enquanto que a temperatura vai de 24°C a 32 °C no verão e no inverno 14 °C a 28 °C.

Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de 1961 a 1970, 1977 a 1980, 1986 a 1989 e a partir de 1993, a menor temperatura registrada em Serrinha foi de 11,2 °C em 14 de junho de 1997, e a maior atingiu 39,4 °C em 26 de fevereiro de 2006. O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 134,2 milímetros (mm) em 26 de novembro de 1996. Outros grandes acumulados iguais ou superiores a 100 mm foram 132,9 mm em março de 1997, 129,2 mm em 10 de dezembro de 2010, 121,3 mm em 28 de novembro de 2005, 100,4 mm em 13 de março de 2001 e 100 mm em 18 de janeiro de 2004. Março de 1997, com 451,7 mm, foi o mês de maior precipitação, batendo o antigo recorde de 433,8 mm em abril de 1966.

Subdivisões

O município está dividido em:

Bairros

Centro, Ginásio, Bomba, Vaquejada, CSU, Cidade Nova, Oséias, Novo Horizonte, URBIS I, URBIS II, Santa, Rodagem, CASEB, Colina das Mangueiras, Vila de Fátima, Estação, Cruzeiro, Arco-íris, Princesa do Agreste, Estádio, Rodoviária, Abóboras, Treze, Aparecida, Tancredo Neves, Maravilha, Primavera, Matadouro, Parque Santana, Parque União, Vista Alegre, Recreio, Alto do Recreio, Vila Novais e Recanto das Flores.

Povoados

Morro do fundo, Alto da Bandeira, Tabuleiro, Bela Vista, Tanque Grande, Subaé, Alto Alegre, Cajueiro, Campo Redondo, Murici, Catespero, Chapada, Mato Grosso, Mato Fino, Malhada do Alto, Entrocamento de Ichu, Guanabara, Três Estradas, Vertente, Baú, Lagoa do Mato, Isabel, Mombaça Velha, Mombaça Nova, Vertente, Campo Limpo, Flores, Brejo, Floresta, Cajueiro Grande, Matinha, Entroncamento de Lamarão, Alto dos Pilões, Retiro, Campinas, Caldeirão, Cajazeira, Barro, Lage dos Cabocos, Sorocaba, Saco do Correio, Porteira, Cantinho, Salgado 1, Salgado 2, Recanto, Alto de Contendas, Alto de Fora, Maroto, Tanque do Meio, Amparo, Canto, Macambira, Mandacarú, Pau Ferro, Canto Dois Irmãos, Levada, Oiteiro, Oiteirinho, Cana Verde, Guarani, Matão, Bom Jardim, Cabeça da Vaca, Cruzeiro da Paz, Regalo, Morro da Ilha, Licurituba, Saco do Moura 1, Saco do Moura 2, Maravilha, Ipoeira, Juazeiro Grande, Lagoa Seca, Intrude, Vira Mão, Tamburi, Sete Ferro, Barra do Vento, e etc.

Economia

Conforme registros na JUCEB (Junta Comercial do Estado da Bahia), possui 282 indústrias, 27º lugar na posição geral do Estado da Bahia, e 1.476 estabelecimentos comerciais, 33º posição dentre os municípios baianos. No setor de bens minerais é produtor de argila, granito, manganês e ouro. Sua agricultura se expressa na produção de manga, caju e cajá. Na pecuária, destacam-se os rebanhos ovinos e suínos, além da criação expressiva de galináceos.

A cidade conta com sete agências bancárias, uma do Banco do Brasil, do Banco do Nordeste, da Caixa Econômica Federal, do Banco Bradesco, Sicoob, Ascoob e do Banco Itaú.

Infraestrutura

Educação

Serrinha é sede do 4° Núcleo Territorial de Educação – NTE, e tem uma vasta oferta de colégios e escolas estaduais. Além disso, possui campi de quatro faculdades e um instituto federal.

Universidade Unidade Cursos oferecidos
UNEB – Universidade do Estado da Bahia Campus XI Geografia, Pedagogia, Administração
UNOPAR – Universidade do Norte do Paraná Normal Superior, Pedagogia, Letras, Administração, Ciências Contábeis, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Enfermagem, Recursos Humanos, Serviço Social, Educação Física, História, Engenharia de Produção
Universidade FAEL Biologia, Matemática, História, Letras, Normal Superior, Geografia
IF BAIANO – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano Campus Serrinha Ciências Biológicas, Gestão de Cooperativas, Agropecuária, Agroecologia, Agroindústria
Pitagoras – Universidade Serrinha Administração, Administração Pública, Computação, Pedagogia, Engenharia Civil, Engenharia de Produção, Logística, Letras, Serviço Social, Direito,Gestão de Qualidade, Recursos Humanos, Gestão Financeira, Marketing, Processos Gerenciais, Negócios Imobiliários

Transportes

Serrinha é cortada pela FCA (Ferrovia Centro-Atlântica) de transporte de cargas e por quatro rodovias, uma federal e três estaduais que são a BR-116 norte (Serrinha – Feira de Santana), BA-409 (Rodovia do Sisal), BA-233 (Serrinha – Nova Soure) e BA-411 (Serrinha – Barrocas).

Imprensa

Serrinha é sede de Quatro emissoras de rádio, a Rádio Continental AM 1330 kHz, Rádio Regional AM 790 kHz (1987), Rádio Morena FM 97,9 MHz (1987) e Rádio Cristal FM 104,9 MHz. Além das rádios alguns sites se dedicam a divulgar notícias da cidade e região. São eles o Ferraz e o Povo, o Jorge Calmon Notícias, o Portal Cival Anjos e o Serrinha Notícias.

Cultura

Serrinha possui manifestações culturais muito diversificadas, que passam pelas folclóricas, pagãs, religiosas ou outras.

Eventos religiosos

  • Semana Santa: em toda Quinta-feira Santa (desde a década de 1930), os fiéis se unem em penitência na Procissão do Fogaréu. Eles acendem as tochas para a procissão que percorre o trajeto até o Monte de Nossa Senhora de Santana. A atitude simboliza o acompanhamento a Jesus Cristo ao Jardim das Oliveiras, onde ele se entregou para ser sacrificado. A procissão acontece depois da missa do lava-pés na matriz nova (Igreja Nossa Senhora de Santana). No monte, diante da imagem da padroeira, o padre faz um pequeno sermão para relembrar o significado da penitência. Depois da procissão, haverá representação teatral A Paixão de Cristo. Na sexta-feira, ocorre a via sacra para o Cruzeiro do Monte, Celebração da Paixão e Morte do Senhor e Procissão do Senhor Morto. No sábado, missa da Vigília Pascal, no domingo a tradicional subida ao cruzeiro do monte, Procissão do Encontro, seguida de Missa de Páscoa e da Ressurreição do Senhor.
  • Festa da Padroeira: Acontece todo mês de julho o novenário em louvor a Senhora Sant’ana, padroeira do município, no dia 26, é realizada a celebração litúrgica na Catedral, seguida da procissão com a imagem da padroeira pelas principais ruas e avenidas da cidade em comemoração ao dia da padroeira. A capela em louvor à santa foi construída em 1780. Nela está enterrado Bernardo da Silva, cuja propriedade deu origem à cidade.
  • No dia 30 de Novembro é realizado no centro da cidade um evento gospel e religioso em comemoração do Dia dos Evangélicos.
  • Semana Espírita de Serrinha: A Semana Espírita de Serrinha é realizada desde 1959, sempre no mês de agosto. É uma promoção do Centro Espírita Deus, Cristo e Caridade.

Eventos festivos

  • São João: Todos os anos acontece a tradicional festa de São João com grandes atrações do forró nordestino e com grandes fogueiras.
  • Entre o período de 2009 a 2015 a festa junina do São João sai de cena passando a ser comemorado no São Pedro. A partir de 2017 a tradicional festa do São João, retorna ao calendário festivo do município.
  • Vaquejada de Serrinha: começou em 1967 quando Valdete Carneiro e Neném de Maroto resolveram criar um evento que significasse a bênção e a confraternização dos vaqueiros da região. Com o passar do tempo a festa ganhou força e prestígio e os prêmios simbólicos tornaram-se valiosos. A estrutura se desenvolveu e comporta mega-shows com a apresentação de artistas nacionais.
  • Moto Argola: evento esportivo este realizado todos os meses de Outubro e conta com a participação de centenas de motociclistas do estado e do país.

Religião

O município é sede da diocese católica da região, dividida em três paróquias, a Paróquia de Senhora Santana, Paróquia Bom Pastor e Santuário Nossa Senhora Aparecida.

Conta também com várias denominações Evangélicas e Protestantes: Igreja Universal, Graça, Quadrangular, Congregação Cristã no Brasil, Assembleia de Deus, Deus é Amor, Mundial do Poder de Deus, Presbiteriana Do Brasil, Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Testemunhas de Jeová, sendo a mais antiga a Primeira Igreja Batista de Serrinha, fundada em 23 de novembro de 1923.

A comunidade espírita se beneficia com vários Centros Espíritas. O centro Deus, Cristo e Caridade (mais antigo), Centro Espírita Irmão Estrela e o Vale do Amanhecer.

Feriados municipais

  • 13 de junho: Aniversário de Emancipação Política.
  • 26 de julho: Festa da Padroeira Senhora Santana.
  • 30 de novembro: Dia do Evangélico.

Site oficial da cidade