São Miguel das Matas-Bahia

Sao-Miguel-das-Matas-Bahia.jpg

São Miguel das Matas é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2010 era de 10.484 habitantes.

Sao-Miguel-das-Matas.png

História

A região foi primitivamente habitada pelos índios cariris, aldeados na fazenda Arco Verde, uma das principais ainda hoje existente, no atual município. Devido a localização da tribo, eram os indígenas denominados ″índios do arco verde″.  Presume-se que o desaparecimento dos silvícolas tenha ocorrido por volta de 1820.

Os primórdios de São Miguel das Matas datam do século XVIII, quando chegou ao local um senhor de nome Joaquim Tirana, adquirindo uma grande área de mata virgem. Posteriormente, o capitão Manoel dos Santos Ribeiro estabeleceu-se em frente a essa propriedade com um engenho de açúcar e rapadura, desenvolvendo aí a plantação de cana.

Surgiram outros moradores e logo foi construído um pequeno cemitério. O mesmo ocorreu com a capela, que foi inaugurada em 1802, tendo o arcanjo São Miguel como padroeiro.

Aumentou-se o número de edificações, contando-se, a partir daí, com os primeiros estabelecimentos comerciais. Estava definitivamente formada a povoação que, inicialmente, chamou-se São Miguel da Aldeia, pela sua proximidade da aldeia dos ″índios do arco verde″.

Desenvolveram-se também as culturas de mandioca, fumo e café, esta, introduzida e orientada, do plantio à colheita, pelo capelão de nome frei Félix, e que se tornou uma das principais riquezas da região.

Depois de ter alterada a denominação para Vila São Miguel, em 1891, passou a denominar-se São Miguel das Matas, em 1948, topônimo justificado por situar-se em região de matas.

Os nativos de São Miguel das Matas são chamados miguelenses.

Site oficial da cidade