Porto Seguro-Bahia

Porto-Seguro-Bahia.jpg

Porto Seguro é um município situado no sul do estado da Bahia, no Brasil. Compartilha, com os municípios limítrofes de Santa Cruz Cabrália e Prado, a primazia de ser o local de chegada dos portugueses ao Brasil em 1500. O vilarejo que deu origem ao município de Porto Seguro foi fundado em 1535 e está tombado em quase sua totalidade pelo patrimônio histórico, não sendo permitida a construção de prédios altos (com mais de dois andares). É cortado pelo Rio Buranhém.

Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2020, era de 150.658 habitantes.

Porto-Seguro.png

História

Por volta do ano 1000, as tribos indígenas tapuias que habitavam a região foram expulsas para o interior do continente devido à chegada de povos tupis procedentes da Amazônia. No século XVI, quando chegaram os primeiros portugueses à região, a mesma era habitada pela tribo tupi dos tupiniquins.

Porto Seguro localiza-se na região que foi, oficialmente, a primeira a que chegaram os navegadores portugueses no atual território brasileiro. Em 22 de abril de 1500, o navegador Pedro Álvares Cabral avistou terra firme, após ter deixado a costa africana um mês antes. O lugar avistado foi o Monte Pascoal, 62 quilômetros ao sul de Porto Seguro. No dia seguinte, os portugueses desembarcaram em terra firme pela primeira vez no atual território brasileiro, num local cujo ponto exato ainda é debatido pelos historiadores.

Em 24 de abril, a expedição ancorou em Porto Seguro. A cidade teve seu primeiro fortim levantado em 1504 por Gonçalo Coelho. Em 1530, quando o comércio com as Índias Orientais enfraqueceu, Portugal passou a se interessar pela nova terra descoberta e veio dela tomar posse. Terra esta que lhe cabia pelo Tratado de Tordesilhas. Na época colonial, Porto Seguro era chamada de Nhoesembé.

Visitar o sítio histórico da Cidade Alta de Porto Seguro é quase uma obrigação para os milhares de turistas que chegam a Porto Seguro – cidade Monumento Nacional instituída por decreto presidencial em 1973. Um dos primeiros núcleos habitacionais do Brasil, Porto Seguro, além de ostentar o Marco do Descobrimento, desempenhou papel importante nos primeiros anos da colonização. São desta época prédios históricos que podem ser visitados durante o dia ou apreciados à noite, quando sob efeito de iluminação especial.

O passeio histórico pode começar pelo Marco do Descobrimento, de onde se descortina uma das mais belas paisagens do litoral de Porto Seguro. O marco veio de Portugal entre 1503 e 1526 e simboliza o poder da coroa portuguesa, utilizado para demarcar suas terras. Todo em pedra de cantaria, de um lado está esculpida a cruz da Ordem de Avis e, do outro, o brasão de armas de Portugal.

Na mesma área, está a Igreja Matriz Nossa Senhora da Pena, construída em 1535 pelo donatário da capitania, Pero do Campo Tourinho. Aí estão guardadas imagens sacras dos séculos XVI e XVII, entre elas a de São Francisco de Assis – primeira imagem trazida para o Brasil – e a de Nossa Senhora da Pena, padroeira da cidade, festejada a 8 de setembro. Para se ter uma melhor ideia de como era a capitania no século de Tourinho e da chegada dos jesuítas, pode-se ler alguns trechos das cartas escritas por Manuel da Nóbrega ou por José de Anchieta, padres da Companhia de Jesus, sobre a região.

Mais adiante, o Paço Municipal ou Casa de Câmara e Cadeia, datada do século XVIII, uma das mais belas construções do Brasil colônia. Nesse prédio, funciona o Museu Histórico da Cidade ou Museu do Descobrimento. A igreja da Misericórdia, ou do Senhor dos Passos, de estilo singelo, guarda imagens barrocas, destacando-se a do Senhor dos Passos e a de Cristo crucificado.

Ainda em meio do casario tombado como monumento nacional, se ergue a igreja de são Benedito, ao lado das ruínas da antiga residência e colégio dos jesuítas. A igreja foi construída pelos jesuítas em 1551 e era conhecida como de São Pedro e de Nossa Senhora do Rosário. Do lado oposto, ainda na Cidade Alta, localizam-se a estação rodoviária e o aeroporto.

No século XVII, o fortim que havia sido levantado por Gonçalo Coelho foi reforçado.

Geografia

De acordo com a divisão regional vigente desde 2017, instituída pelo IBGE, o município pertence às Regiões Geográficas Intermediária de Ilhéus-Itabuna e Imediata de Eunápolis-Porto Seguro. Até então, com a vigência das divisões em microrregiões e mesorregiões, fazia parte da microrregião de Porto Seguro, que por sua vez estava incluída na mesorregião do Sul Baiano.

Clima

O clima é sempre quente no verão, com picos de 35 graus celsius e ameno no inverno, com média de 25 graus e mínimas de 19 graus celsius no mês mais frio. A alta umidade aumenta a sensação de calor. A temperatura nunca se aproximou ou ultrapassou os 40 °C em Porto Seguro nem em qualquer outra cidade litorânea do Sul da Bahia onde são feitas medições.

Nos meses de junho a setembro, a probabilidade de chuvas é menor.

Litoral e praias

O município de Porto Seguro conta com um extenso litoral com cerca de 85 km de praias de areia fina e branca. O litoral do município é dividido em litorais norte e sul pela foz do rio Buranhém, rio que conta com cerca de quinhentos metros de largura na foz. O litoral norte possui uma infraestrutura de nível internacional, e o litoral sul também está chegando a esse nível. As praias de Porto Seguro são:

  • Praia d’Ajuda
  • Praia da Barra Velha
  • Praia da Pedra Grande
  • Praia da Ponta de Itaquena
  • Praia da Ponta de Mutá
  • Praia da Ponta Grande
  • Praia de Apaga Fogo
  • Praia de Caraíva
  • Praia de Curuípe
  • Praia de Itapororoca
  • Praia de Jacumã
  • Praia de Juacena ou Satu
  • Praia de Mundaí
  • Praia de Mutá
  • Praia de Setiquara
  • Praia de Taperapuã
  • Praia do Cruzeiro
  • Praia do Espelho
  • Praia do Outeiro
  • Praia do Rio da Barra
  • Praia do Rio dos Mangues ou Barramares
  • Praia do rio Verde
  • Praia dos Coqueirais
  • Praia dos Nativos
  • Praia do Mucugê
  • Praia do Sol

Transportes

Aeroviário

O Aeroporto de Porto Seguro foi inaugurado no ano de 1982. Seu terminal de passageiros era bem simples e pequeno (hoje, este prédio é ocupado pelo corpo de bombeiros da cidade). Em 1997, o aeroporto foi reinaugurado, tendo recebido um novo terminal de passageiros, novo pátio de estacionamento de aeronaves e ampliação da pista de pouso para operar com aeronaves de grande porte.

Em 2012, o aeroporto passou por uma reforma geral, quando todas as suas instalações foram ampliadas pela Sinart (administradora do aeroporto) juntamente com o governo federal.

Subdivisões

Porto Seguro apresenta a seguinte subdivisão administrativa:

Distritos

  • Porto Seguro (sede)
  • Arraial d’Ajuda
  • Caraíva
  • Trancoso
  • Vale Verde

Bairros

  • Porto Seguro (sede)
  • Centro
  • Campinho
  • Riacho Doce
  • Pacatá
  • Pequi
  • Areião (centro)
  • Manoel Carneiro
  • Village
  • Baixo Mundaí
  • Alto Mundaí
  • Taperapuã
  • Paraíso dos Pataxós
  • Tabapiri
  • Outeiro da Glória
  • Outeiro de São Francisco
  • Vale Verde
  • Vera Cruz
  • Pindorama
  • Agrovila
  • Frei Calixto – Baianão
  • Nilo Fraga
  • Areial (Baianão)
  • Casa Nova
  • Mercado do Povo
  • Gravatá
  • Olhos d’Água
  • Praça do Coelho
  • Mirante Caravelas
  • José Fontana I e II
  • Cambolo
  • Cambolinho
  • Sapoti
  • Miraporto
  • Parque Ecológico João Carlos I, II e III
  • Paraguai
  • Vila Valdete
  • Vila Jardim (Ubaldinão)
  • Vila Vitória
  • Vila Parracho
  • Vista Alegre I e II
  • Porto Alegre I e II
  • Quinta do Descobrimento
  • Ibiruçu de Dentro

Economia

A cidade é, hoje, considerada um dos mais importantes pontos turísticos do Brasil, recebendo turistas oriundos do centro-sul do país e de países como Argentina, Portugal, Estados Unidos, Israel e França. O lugar conta também com uma ou duas dezenas de hotéis de luxo e centenas de hotéis e pousadas menores, mas de boa qualidade e ainda com um aeroporto internacional com capacidade para o pouso de aviões de porte semelhante ao dos Boeing 767 e Airbus A310.

Para além do turismo, outras atividades importantes são a agricultura (com destaque para o caju, o coco), o reflorestamento com eucalipto, a pecuária, o comércio e os serviços.

Mídia

Televisão

A cidade recebe sinal das emissoras de televisão de Itabuna através da TV Santa Cruz (afiliada da Rede Globo) ou da Record Bahia Itabuna. Quanto às demais emissoras, o sinal vem direto de Salvador, como ocorre com a TV Aratu (afiliada do SBT) e a Band Bahia.

Emissoras de televisão

Emissoras de rádio

  • Rádio Porto Brasil FM – 88,7 MHz, emissora local.
  • Band FM Eunápolis – 96,3 MHz, emissora popular da Grupo Bandeirantes gerada em Eunápolis.

Site oficial da cidade