Pilão Arcado-Bahia

Pilao-Arcado-Bahia.jpgPraça Padre Cícero, em Pilão Arcado

Pilão Arcado é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2018 era de 34.486 habitantes. É situada próximo ao Rio São Francisco. Conhecida como Pilão novo foi construída para abrigar a população da cidade antiga inundada pelo referido rio.

Pilao-Arcado.png

História

Conta a tradição local que a denominação está ligada a uma lenda de pescadores que encontraram um pilão, com formato de uma curva em arco, em uma das margens do rio São Francisco, e passaram a utilizá-lo para pilar o sal que salgava o peixe.

Pilão Arcado originou-se de um arraial fundado, em fins do século XVII, por ordem do vice-rei D. João de Lencastre, com a finalidade de acabar com os constantes ataques dos índios mocoazes e acoroazes às fazendas de gado da região.

O município, então em terras da Capitania de Pernambuco, foi criado em 1810, com a denominação de Vila do Pilão Arcado.

Em 1824, devido à Confederação do Equador, movimento separatista que eclodiu no Recife, a região de Pilão Arcado, então chamada de Comarca do Rio de São Francisco, foi desligada de Pernambuco, passando a integrar provisoriamente a província de Minas Gerais. Em 1827, juntamente com todo o Além São Francisco, passou à administração da província da Bahia.

Em 1857 foi extinto como município, integrando então o território de Vila de Nossa Senhora do Remanso de Pilão Arcado. Em 1890, foi desmembrado de Remanso. A sede foi elevada à categoria de cidade em 31-10-1890[5].

Em 1974, sendo a população transferida em 1978 devido a implantação da Barragem de Sobradinho, no rio São Francisco, a sede foi transferida para local distante 24 km da sede velha. A nova cidade foi planejada e construída pelo Governo Federal, através da CHESF.

Site oficial da cidade