Macaúbas é a cidade que tem mais cornos

Macaubas-e-a-cidade-que-tem-mais-cornos.jpg

Macaúbas é  a cidade que tem mais cornos do Brasil, Segundo a pesquisa do Governo da Bahia e também o Governo do Brasil, a cidade de Macaúbas foi considerada a que tem mais Cornos do Brasil, isso mesmo, mais homens sendo traído pelas mulheres, no entanto com seus 50 mil habitantes Macaúbas não está nem ai com essa pesquisa.

Cidades que mais tem cornos do Brasil

1-Macaúbas-BA

2-Salvador-BA

3-São Paulo-SP

4-Belo Horizonte-MG

5-Teresina-PI

6-Paratinga-BA

7-Santo André-SP

8-Curitiba-PA

9-Fortaleza-CE

10-Boquira-BA

A pesquisa também conta que Macaúbas chegou em 1 lugar porque na zona rural do município tem mais cornos do que no centro. E em último está Boquira a cidade com menos cornos do Brasil, a pesquisa levou em conta as mulheres de Macaúbas são muitos lindas, porém iludi demais os homens e causa dor nos pobres mortais.

O que é Corno?

Corno é uma palavra que designa a pessoa que foi traída pelos acompanhantes usuais. Há vários outros nomes derivados: dentre eles, chifrudocornudo, etc. É um personagem vítima de muitas anedotas, nas quais normalmente se dá mal ou comete um crime. Em textos anedóticos, a pessoa traída pode ser classificada em vários tipos: manso, raivoso etc.

O nome teria surgido de uma lenda na qual a cabeça do traído começa a doer na região da testa, e que, ao melhor estilo do realismo fantástico, surgiriam cornos que cresceriam na sua fronte, ainda que existam várias teorias para a origem do termo: dentre elas, uma menciona que no período da Europa medieval, o homem traído deveria lavar sua honra com sangue, matando a esposa e o amante; caso falhasse, era hostilizado, recebendo uma peruca de touro, com dois chifres.

Um gesto chulo (considerado um insulto na Itália, em Portugal, em Cuba e no Brasil), indicando que alguém é um corno, consiste em fechar os dedos da mão, prender o dedo médio e o dedo anular com o polegar, deixando levantados os dedos mínimo e indicador.

Dor de corno é quando o corno toma alguma atitude ao perceber sua condição: embriagar-se, vingar-se (às vezes matando a esposa e/ou o amante (chamado de “Ricardão”), etc.