Macarani-Bahia

Macarani-Bahia.jpg

Macarani é um município brasileiro no interior do estado da Bahia, Região Nordeste do País, a aproximadamente 600 quilômetros da capital estadual Salvador, a 220 do litoral sul do Estado e a apenas 40 do limite com Minas Gerais. A sua população em 2016, segundo estimativa populacional do IBGE, é 18.954 habitantes. O município está localizado na mesorregião do Centro-Sul Baiano e na Microrregião de Itapetinga.

Macarani.png

História

O nome Macarani significa Gruta dos Índios. Segundo a história a região era habitada primariamente pelos índios antropófagos, os caranis, do grupo dos Botocudos. A história do município se relaciona à do município de Vitória da Conquista, de onde foi emancipado o Município de Encruzilhada, em 1 de janeiro de 1922, Macarani era distrito de Encruzilhada, desmembrando-se deste em 1944. Antes deste mesmo ano, devido ao poder político, Macarani chegou a ser sede deste município.

O primeiro interventor, assim que emancipado, foi João Saliba, que tomou posse em 3 de abril de 1944 até 1945, sendo substituído por Athanásio da Silva Neto, que governou até 1950. Muita gente contribui para a fundação do município, entre essas pessoas, pode-se destacar: Joviniano Neres, Antônio Caires Pinheiro de Carvalho e Damásio Ferreira, que juntos fundaram o Arraial de Macarani e oficializaram a escritura do terreno em maio de 1992 na cidade de Itambé, que naquela época era conhecida também como Verruga.

Essas personalidades são consideradas como os pioneiros quando da criação do município de Macarani, além do seu fundador, Joaquim Dagno. A primeira casa foi edificada no atual largo São Pedro.

Site oficial da cidade