Encruzilhada-Bahia

Encruzilhada-Bahia.jpg

Encruzilhada é um município Brasileiro localizado no estado da Bahia. A população é de aproximadamente 23.000 habitantes, incluindo todos os distritos. Estima-se que na sede haja pouco mais de 10.000 habitantes.

Encruzilhada.png

História

Em 1825, o sertanejo Antônio Carlos Cerqueira, vindo provavelmente da região de Condeúba à procura de um local para melhores negócios, estabeleceu-se às margens do rio água preta, instalou-se então uma selaria no cruzamento de estradas do estado de Minas Gerais, para o sul e sudoeste da Bahia, a fim de prover melhor acesso aos produtores de sua fabricação, por esse cruzamento, forçando os boiadeiros e tropeiros, procedentes do estado de Minas Gerais. Esse fato deu origem ao nome de Encruzilhada.

Muito embora localizada em zona pecuária por excelência, evoluía com certa lentidão. Poucos anos depois, em 1891, é inaugurada uma grande casa comercial, sendo seu proprietário o Coronel da Guarda Nacional: João de Paula Moreira, que mais tarde viria a ser intendente municipal. O arraial de Encruzilhada foi elevado á categoria de vila pela Lei Estadual nº 1483, de 17 de junho de 1921, que também criou o município; desmembrando de Vitória da Conquista. Sua instalação ocorreu em 1 de janeiro de 1922. Foi elevada a categoria de Distrito pela Lei Municipal nº 4, aprovada pela Lei Estadual nº 1.708, de 13 de junho de 1924, que mais tarde criou também o distrito de Capinarama. Nas divisões territoriais de 1936 a 1937 e no quadro anexo ao Decreto Lei Estadual que regula o assunto, o município aparece formado pelos distritos de Encruzilhada (sede), Campinas, Macarani e Ribeirão do Salto.

A Lei Estadual nº 141 de 31 de dezembro de 1943 transferiu a sede do município de Encruzilhada para Macaraní, ficando Encruzilhada como Vila. Pela Lei Estadual nº 511 de 12 de dezembro de 1952, o município de Encruzilhada foi restaurado, desmembrando do município de Macaraní.

Site oficial da cidade