Elísio Medrado-Bahia

Elisio-Medrado-Bahia.jpg

Elísio Medrado é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população, segundo o IBGE era de 8.183 habitantes no ano de 2009.

Elisio-Medrado.png

História

Há muito tempo a cidade de Elísio Medrado era apelidada de “Rapa Bolso’’ devido seus produtos vendidos serem muito caros. Catingueiros vinham de fora para a feira da cidadezinha, traziam carne de sol e de sertão, rapadura e muitas outras novidades.

A feira era realizada na praça e muitas mercadorias eram arrumadas em cima dos passeios, junto às casas, que eram poucas naquele tempo. Muito mato existia, aqui e uma única rua como entrada e saída. Em entrevista a um velho morador, o inesquecível Sr. Antônio Peixoto, foi lembrado pelo mesmo, que as correspondências em outras épocas eram levadas a Santa Terezinha pelo carteiro Arlindo Conrado Borges que utilizava como meio de transporte um cavalo e que os casamentos também eram realizados lá, já que esse município pertencia a Santa Terezinha, os noivos iam a cavalo e após a cerimônia o esposo trazia a esposa na garupa do cavalo.


Não havia naquele tempo eletricidade e sim a luz de candeeiro, fifós e lampiões, bem mais tarde surgiu a energia a motor, funcionando das 18:00 às 22:00 e trabalhava como funcionário o Sr. João Bispo de Oliveira, conhecido por João Surdo, que antes das 22:00 dava um sinal apagando todas as luzes, avisando aos moradores a hora de irem para cama e voltava a funcionar, já na segunda vez, se apagava e voltava a funcionar no dia seguinte.

Quem pagava essas despesas era a Prefeitura Municipal de Santa Terezinha.

Na área de Saúde, quando se precisava de um médico era um sufoco, vinha de Amargosa o Dr. Rafael, uma boa pessoa e educada. Outra pessoa que prestava serviço ao povo sem medir esforços era a Senhora Nair Alves Borges, popular Dona Nair, parteira famosa, que muito ajudou em parto de muitas crianças em toda redondeza.

Curioso foi a chegada do 1º carro da cidade, um Jeep vindo de Santa Terezinha o que deixou as crianças abismadas e toda população admirada.

Com o passar dos tempos casas foram surgindo em Monte Cruzeiro, hoje distrito e construída uma Igreja Católica, já que as pessoas que ali residiam eram adeptos dessa religião, algumas não perdiam as missas, outras iam por folia.

Muitos visitantes para esta cidade se dirigiam atraídos pelas belezas naturais e as diversões oferecidas.

Site oficial da cidade