Banzaê-Bahia

Banzae-Bahia.jpg

Banzaê é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2016 é de 13.765 habitantes. Banzaê situa-se no nordeste da Bahia, compondo a região de Planejamento do Nordeste, como também a micro região homogênea de Ribeira do Pombal, possuindo uma área de 409.507 km².

Limitando-se com os municípios de Cícero Dantas ao norte, Ribeira do Pombal a leste, Tucano ao sul e Quijingue a oeste, localiza-se a uma distância de 296 km da capital do estado e a 42 km do município de Ribeira do Pombal. Tem a sede as coordenadas geográficas: Latitude 10º35sul e Longitude 38º37 e encontra-se a uma altitude de 350m.

Banzaê, palavra de origem indígena que quer dizer Terra de Valentes.

Banzae.png

História

Cidade já foi um vilarejo do município de Ribeira do Pombal, emancipado dia 24 de fevereiro de 1989.

Foi criado pela Lei Estadual nº 4.485 de 24 de fevereiro de 1989, publicada no Diário Oficial de 25 de fevereiro de 1989. Em 1990, o Governo Federal, através da Presidência da República, reconhece as terras do aldeamento Kiriri como de ocupação tradicional e permanente indígena, sendo a demarcação finalmente homologada através do Decreto nº 98.828 de 15 de janeiro de 1990. Estes que subdivididos em 7 (sete) comunidades indígenas no município de Banzaê/BA que são: (Mirandela) Sacão, Cacimba Seca, Canta-Galo, Lagoa Grande, Baixa da Cangalha, Marcação e Picos. Esses são os núcleos tradicionais.

Outra tribo também do município, porém mais nova é a tribo dos “Tuxás” que ficam numa área entre os povoados Salgado e Fazenda do Sítio que estão situados ao norte desta região. Ambas as tribos deste município sobrevivem basicamente da roça, da pesca e da agricultura através do plantio do milho, feijão, mandioca, melancia, abóbora, quiabo e da colheita da castanha. No artesanato destacam-se os trabalhos com a cerâmica a fibra e o cipó.

Turismo

  • Pedra Furada: cartão postal da cidade por se diferenciar dos demais morros em virtude de ser uma bela escultura natural.
  • Fazenda Engenho Velho
  • Arquitetura histórica (Em Mirandela Velha, principal comunidade dos Kiriris)
  • Trilhas de Moto Cross (Prática de esportes radicais em diversos lugares do município com o uso de motocicletas por praticantes que gostam de desafiar os mais diversos tipos de obstáculos naturais como: morros, serras, areais, pedreiras, mata fechada e etc…)
  • Serras, morros, planaltos e flora nativa
  • Sede Banzaê
  • Culturas indígenas local (Artesanatos, Hábitos e Costumes)
  • Santo Cruzeiro: ponto mais alto da cidade, cuja visão torna a visita ao local um grande atrativo.

Site oficial da cidade