10 Raças de cachorros mais perigosas

10-Racas-de-cachorros-mais-perigosas.jpg

Nesta lista das raças de cachorros mais perigosas do mundo, o critério usado é o potencial de ferimentos graves que o cachorro pode causar em uma vítima. Pois sabemos que o comportamento do cão, se ele é dócil ou agressivo, depende muito de como ele é criado. O cachorro, que é descendente do lobo-cinzento, pela sua afetividade e fidelidade com o ser humano, é considerado o melhor amigo do homem.

Raças de cachorros mais perigosas

10-Mastim Brasileiro

O Fila ou Mastim Brasileiro é um cão de guarda e já foi muito usado na época dos bandeirantes para protegê-los de ataques de onças e nativos e recapturar escravos fujões e caçar javalis pela sua imensa capacidade de rastreamento. Uma das principais características do fila é a extrema devoção ao dono e crianças da família, mas esses cães rejeitam severamente estranhos, sendo muito agressivos, a não ser que estejam acompanhados do dono.

9-Chow Chow

O chinês Chow Chow também conhecido como Cão Leão-empolado, é um cão de guarda e já foi muito utilizado para rinha, caça e como puxadores de trenó. Eles têm como principais características a aparência de leão e a língua azul. Esses cães guardam muito bem o seu território e possuem temperamento forte. São animais por vezes teimosos, requerendo do dono atenção firme na criação, para crescerem obedientes e dóceis com a família.

8-Doberman

Em oitavo das raças de cachorros mais perigosas do mundo está o Doberman, que se originou da Alemanha e é um excelente cão de guarda. Há dois tipos, o americano e o europeu que é mais robusto e forte. Este cão foi criado por karl F. L. Doberman, um coletor de impostos que precisava de segurança para carregar o dinheiro em áreas perigosas.

7-Cão Lobo

O Cão Lobo é o resultado do hibridismo ou cruzamento de um cão com um lobo. As raças mais comuns para se cruzar com o lobo e formar este cão são o pastor alemão, o husky siberiano e o malamute do Alaska. Seus dentes caninos são maiores que os cães normais e quando estão comendo não gostam de ser interrompidos. Em sua criação, o Cão Lobo precisa de grandes áreas para correr, para se sentir livre devido a natureza selvagem do lobo.

6-Husky Siberiano

O Husky Siberiano foi desenvolvido para puxar trenós. Esses cães suportam frio intenso e são ágeis para puxar cargas leves em longas distâncias. 3 filmes já foram feitos sobre um caso que ocorreu em 1925  quando uma epidemia em crianças se alastrou em uma região do Alaska, e por causa da dificuldade de transporte de medicamentos devido as nevascas, esses cães foram o único meio possível usado para carregar esses medicamentos no trajeto que chegava até 1600 quilômetros.

5-Malamute do Alaska

Malamute do Alaska, um cão puxador de trenó, mas lento para percorrer longas distâncias, porém mais forte e resistente. Ele também é um bom cão de caça e não muito bom como cão de guarda. Esses cães precisam de exercícios regulares para que não se tornem destruidores.

4-Pastor Alemão

O Pastor Alemão atualmente é usado como cão de guarda e foi usado pelos alemães na primeira guerra mundial chamando a atenção dos inimigos que o levaram e ele acabou ficando muito popular nos Estados Unidos. Ele é um excelente cão policial devido ao seu faro muito apurado e coragem, sendo considerado o melhor cão para atividades policiais do mundo. Se criado para ataque, pode se tornar muito violento.

3-Rottweiler

O terceiro das raças de cachorros mais perigosas do mundo é o Rottweiler, que tem origem alemã e é excelente como cão de guarda, pastoreio e de tração. Ele também é utilizado pelas forças policiais e é um cão inteligente, respondendo bem ao adestramento. Este cão gosta da atenção do dono e não lida muito bem com a solidão e confinamento.

2-Pastor Caucasiano

O Pastor Caucasiano é um cão de guarda de origem russa e georgina e é muito utilizado para proteção de rebanhos. Esse cão não tolera muito bem outros cães e pode facilmente sair do controle. Ele não é muito recomendado para adoção onde existem crianças, mesmo com uma criação social desde o nascimento, devido o seu instinto de guarda e corpo poderoso.

1-Pit Bull

O Pit Bull é originário dos Estado Unidos e foi criado para o combate e é muito utilizado como cão atleta e de caça. Esses cães são muito energéticos, necessitando sempre de exercícios diários e de socialização, além de serem destemidos e inteligentes. Esses cães podem ser muito agressivos com outros cães e quando criados para o ataque pode causar vários danos a vítima, podendo levar a morte.