10 Profissões para quem quer ser um nômade digital

10-Profissoes-para-quem-quer-ser-um-nomade-digital.jpg

Confira as profissões para quem quer ser um nômade digital. Hoje em dia, vivemos em um mundo globalizado, unido pelos computadores, pelas redes sociais e pelas mensagens instantâneas. Quem está de um lado do mundo pode se conectar com o outro facilmente, por meio de alguns cliques, sem grandes complicações. É nesse contexto que surgiu o nômade digital.

10 Profissões para quem quer ser um nômade digital

10-Assistente pessoal

Quando pensamos em assistentes pessoais, a imagem de um jovem profissional que corre atrás de um grande executivo o tempo todo é o que vem à mente. Mas assistentes pessoais não precisam estar presentes para executar seus trabalhos: marcar horários, organizar agendas, fazer encomendas e delegar tarefas são todas rotinas de um assistente que podem ser feitas por e-mail ou telefone.

9-Desenvolvedor

Criar websites e programas de computador é uma profissão que pode render bastante, e muitas empresas aceitam que seus desenvolvedores façam o trabalho remoto. Uma ótima oportunidade para quem quer trabalhar de qualquer lugar.

8-Designer ou ilustrador

Criar ilustrações, banners, cartazes ou imagens para serem usadas em sites e redes sociais é uma boa ideia para quem já trabalha ou estuda essas áreas e quer ser um nômade digital. Você só precisa do computador e dos programas certos para fazer as ilustrações.

7-Tradutor

Se você fala mais de um idioma, ser tradutor é uma boa opção. Com a qualificação e as habilidades certas, além de muito amor pela pesquisa, você pode ajudar pessoas e empresas a traduzir documentos, artigos, manuais, livros e até mesmo vídeos. Aproveite para estudar inglês ou o idioma local de onde você vai estar e aumente as chances de conseguir trabalho.

6-Gestor de mídias sociais

Como dissemos anteriormente, hoje em dia, a maioria das empresas depende de sua produção de conteúdo para crescer. O gestor de mídias sociais, no entanto, não produz esse conteúdo, mas agenda postagens, modera comentários e interage com o público, ajudando na estratégia de marketing das empresas.

5-Fotógrafo

Visitando muitos lugares interessantes, você vai ter a oportunidade de tirar fotos incríveis. Por isso, ser fotógrafo é uma boa ideia para o nômade digital, que pode vender suas fotos pela internet e, quem sabe, fazer alguns trabalhos locais também.

4-Editor de vídeos

Em um mundo em que muitas empresas e pessoas físicas têm canais no YouTube, o editor de vídeo pode trabalhar de qualquer lugar, ajudando pessoas a produzirem vídeos interessantes e visualmente atraentes.

3-Produtor de conteúdo

Empresas de todos os tamanhos dependem da geração de conteúdo online para continuar seus serviços. Esse conteúdo pode ser em forma de e-books, artigos para blogs, textos institucionais ou mesmo posts em redes sociais e, normalmente, essa empresas pagam profissionais para fazer o trabalho. É uma ótima chance para quem gosta de escrever.

2-Dono de e-commerce

Em um mundo globalizado, você pode falar com fornecedores online, oferecer produtos pela internet e receber pagamentos de forma prática e segura. Abrir uma loja online é um trabalho duro, mas compensador.

1-Trabalho remoto

Quando pensamos na vida de um nômade digital, chegamos à conclusão de que ele “largou tudo”: seu emprego, sua estabilidade, etc. Porém, isso nem sempre é verdade. Algumas empresas permitem que seus empregados trabalhem remotamente, e você pode exercer sua função atual de qualquer lugar sem romper o vínculo empregatício – ou mudando seu status para freelancer na mesma empresa.