10 Países que mais usam software pirata

10-Paises-que-mais-usam-software-pirata.jpg

Ranking com os 10 países que mais usam software pirata em todo o mundo. A lista é organizada pelo volume de dinheiro “desviado” pela pirataria e a frequência de programas sem licença rodando nesses países.

O Brasil não só aparece nos dois rankings como é o único país sul-americano citado pela pesquisa. Por aqui, a indústria da tecnologia deixou de ganhar US$ 1,8 bilhão (cerca de R$ 6 bilhões em conversão direta) por conta da distribuição irregular de programas de computador, somente em 2015, colocando nosso país na 6ª posição do top 10.

Países que mais usam software pirata

1-Estados Unidos – US$ 9,1 bi

2-China – US$ 8,7 bi

3-Índia – US$ 2,7 bi

4-França – US$ 2,1 bi

5-Reino Unido – US$ 1,9 bi

6-Brasil– US$ 1,8 bi

7-Alemanha – US$ 1,7 bi

8-Rússia – US$ 1,3 bi

9-Itália – US$ 1,3 bi

10-Indonésia – US$ 1,1 bi

Já considerando a frequência de uso, 47% dos programas instalados em PCs brasileiros funcionam sem licença, colocando-nos na quinta posição entre os maiores piratas do mundo. É curioso notar que os EUA, primeiro lugar em volume de dólares “roubados”, aparece na última posição entre os países com maior frequência de software pirateado.

A Statista explica que, em alguns países, como nos Estados Unidos, o mercado é tão valioso para as empresas de tecnologia que mesmo a pirataria sendo de apenas 17%, o dinheiro que a indústria deixa de ganhar chega perto dos US$ 10 bilhões. Já na Indonésia, onde a economia é menos robusta, acontece o contrário: mais pirataria, menos prejuízo.

Programas piratas entre todos os softwares instalados

1-Indonésia – 84%

2-China – 70%

3-Rússia – 64%

4-Índia – 58%

5-Brasil– 47%

6-Itália – 45%

7-França – 34%

8-Reino Unido – 22%

9-Alemanha – 22%

10-Estados Unidos – 17%